Número total de visualizações de página

quinta-feira, 15 de julho de 2010





cresci numa divisão única
num quarto minguante
3 adultos e meio por metro quadrado

cozinha
a um passo em frente
sanita
a um passo ao lado
e na vigia
um cão pendente chamado pluto

eu fugi à catequese
por terror à freira Júlia
não entendia o sorriso colado aos dentes
era mentira
via-se francamente

depois furei as orelhas à pistola e pus-me a chorar baixinho no degrau da igreja
jurei que morreria um dia

domingo, 11 de julho de 2010



não queiras representar
sê apenas
com as tuas merdas todas às costas
erros são uma mochila de campismo

estás sempre em cena
24 horas por dia
é difícil representar sem ponto nem contracena
esta peça contínua
mói
extenua
um dia serei capaz de me representar a mim própria
será fácil
chegar à última página do livro e pousa-lo na estante
ai quantas prateleiras vazias
e tantos bibelots por comprar

segunda-feira, 5 de julho de 2010


imaginemos um pacote de plástico

de conteúdo biológico

com centenas

milhares (?)

de grãos de arroz

todos juntos na asfixia do saco


nus colados uns aos outros

amando-se antes e depois

do tacho


e a maravilha de não saber que é assim a vida

asfixiada cozida e comida