Número total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


O hipertexto é uma colcha de duas fases, reversível consoante o gosto de quem a usa, um patchwork em progressão. E como uma colcha, é também extensível conforme o cliente que se tapa. Não está preso ao colchão, não se entalam as pontas, pois por elas se poderão puxar caso haja acomodações de última hora. O texto cibernético, é uma espécie de secção do IKEA, onde as mantas se amontoam (passo o pleonasmo) e parecendo todas iguais têm um número de série que as distingue. As prateleiras estão organizadas por mantas, só que à semelhança das redes, não sabemos onde é o príncipio e o fim.
A irreversibilidade está destinada apenas ao livro impresso na 1ª edição e à retrosaria (extinta) da esquina.