Número total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Presença




Ter luz na cara não é algo que se providencie com projectores. Muitos dos artistas das artes de cena têm a capacidade de iluminar-se de dentro para fora. Têm aquilo a que se chama de presença, bolha, luz, enfim, uma data de rotulações que apenas querem dizer que aquela pessoa existe mais do que as outras. Ter luz é estar presente, apenas isso. E assumir as turbulências interiores como água.